Do CoraçãO

Este blog é uma forma de me comunicar com mais garotas e juntas percebermos que temos as mesmas dificuldades. Porém o motivo principal de sua criação é difusão do nome do meu amado Jesus Cristo.

quinta-feira, 23 de março de 2017

E esse negócio de sacrifício?

É de nosso conhecimento que no velho testamento o povo de Israel realizava sacrifícios (partes do animal eram queimadas no altar) e holocaustos (quando o animal era todo queimado no altar) a Deus. O Senhor escolheu essa nação para si e sempre se preocupou com sua conduta, mas o povo (assim como nós) errava muito,  não conseguia permanecer fiel e foi se habituando aos sacrifícios.
Davi expõe sua sinceridade dizendo:

"Eu te oferecerei um sacrifício voluntário, louvarei o teu nome, ó Senhor, porque tu és bom. Salmos 54.6"

Ele demonstra que não está preocupado somente em manter-se "a salvo" ou que procura somente o favor de Deus, ele os deseja, mas também deseja engrandecer o nome de seu Criador. Ele se voluntaria ao invés de seguir a tendência pecado -> oferta -> perdão e escolhe oferta de louvor para adoração. Davi também faz uma observação:

"Não te deleitas em sacrifícios nem te agradas, em holocaustos, se não eu os traria. Os sacrifícios que a gradam a Deus são um espírito quebrantado; um coração quebrantado e contrito, ó Deus, não desprezarás. Salmos 51.16, 17"

Ele sabia que Deus estava cansado de sacrifícios e desejava obediência, pois nela tem prazer (1 Samuel 15.22). Então nos perguntamos, como horar a Deus? E no livro de Salmos também encontramos a resposta!

"Ofereça a Deus em sacrifício a sua gratidão, cumpra os seus votos para com o Altíssimo, e clame a mim no dia da angústia; eu o livrarei, e você me honrará. Salmos 50.14, 15"

"Quem me oferece sua gratidão como sacrifício, honra-me, e eu mostrarei a salvação de Deus ao que anda nos meus caminhos. Salmos 50.23"


Ofertar a nossa gratidão nada mais é que reconhecer o Senhor como o principal em nossa vida e que tudo o que "temos" e somos é por Ele, para Ele e por meio dEle. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário